top of page

DO MITO AO CONTO DE FADAS: UM PERCURSO DE “EROS E PSIQUE”

Patrícia Silva Lima

RESUME:

A leitura se fez a partir do inventário do conteúdo da efabulação e do levantamento de como são tratadas a matéria e a forma literária, palmilhando os elementos estruturantes da narrativa, seguindo a teoria da Professora Nelly Novaes Coelho, da Professora Dra. Lúcia Pimentel Góes, evidentemente buscando fundamentar-nos também em outros teóricos do texto literário, mitólogos e psicólogos como K. G. Jung(1875 - 1961); e Marie-Louise Von Franz(1915 - 1998).Na prática, analisamos elencando os motivos de ambas as narrativas para tecer considerações sobre algumas diferenças entre o Mito “Eros e Psique”, de Apuleio, e o Conto de fadas “Belinda e o Monstro”, de Italo Calvino. Daí derivaram a conclusões de que o mito é fator construtivo do conto de fadas, mediante derivações e “contaminações” que o compõem como resgate de forma.

Contos de Fada; Eros; Psique.

Key words:

Download full text

PDF_ico.png
bottom of page